Wiki Bíblia
Advertisement

Judá (hebraico: יהודה; "seja louvado") foi o quarto filho de Jacó e Lia.[1]

Etimologia[]

Ele recebeu seu nome, que significa "seja louvado", porque Lia percebeu que seus três primeiros filhos não a haviam se aproximado de Jacó, então ela decidiu redirecionar seu foco para YHWH.[2]

Biografia[]

Conspiração contra José[]

Por ser José o filho preferido de seu pai, todos os seus meios-irmãos tinham inveja e ciúmes. Um dia, quando Jacó mandou José ir verificar seus irmãos e dar-lhe um relatório de suas ações.[3]

Quando José estava se aproximando de seus irmãos, alguns começaram a conspirar para mata-lo, mas Rúben os convenceu a joga-lo em uma cisterna vazia.[4]

Algum tempo depois, Judá avistou uma caravana de ismaelitas e midianitas que iam de Gileade ao Egito. Então Judá sugeriu que vendessem José aos ismaelitas.

Que proveito temos se matarmos nosso irmãos e escondermos seu sangue? Vamos vendê-lo a esses ismaelitas. E assim não seja a nossa mão sobre ele, porque é nosso irmão, nossa carne.[5]

Então Judá e seus irmãos venderam José e pegaram sua túnica e a mancharam com sangue de cabrito e o levaram a acreditar que ele tinha morrido e ele lamentou muito.[6]

Família própria[]

Algum tempo depois, Judá saiu da casa de seu pai e ficou na cidade de Adulão, na casa de um homem chamado Hira. Em Adulão, Judá conheceu um homem chamado Suá, e se casou com a filha dele. Juntos ele tiveram três filhos: Er, Onã e Selá.[7]

Quando Er chegou a idade de casar, Judá arranjou-lhe como esposa uma cananeia de nome Tamar. Noe entanto, Er fez o que era mau aos olhos do Senhor, e por isso foi morto. Seguindo o costume, Tamar se casou com Onã, mas também ele fez o que era mau, porque não queria dar descendência a seu irmão ele se recusou a engravidar Tamar, por isso Deus também o matou. Embora ela devesse ser dada em casamento a Selá, Judá não consentiu. Assim Tamar enganou Judá, fingindo ser uma prostituta, e assim Judá a engravidou. Quando ele soube que Tamar estava grávida, ele se preparou para mata-la, no entanto, ela revelou que era ele o pai da criança que ela carregava. Meses depois, ela deu à luz aos gêmeos Perez e Zerá.[8] O primeiro foi o ancestral patrilinear do rei Davi e do messias

Em algum momento depois disso Judá voltou a morar na casa de seu pai.

Viagem ao Egito[]

Vinte anos depois de vender José aos ismaelitas e midianitas, Judá e seus irmãos foram ao Egito comprar comida.[9] Lá eles se encontraram com o vizir do Egito, a quem eles não sabiam ser José. Embora José os tivesse reconhecido, seus irmãos não o reconheceram.[10] José, usando o nome de Zafenate-Paneia, inquiriu-lhes sobre quem eram e de onde vinham, e acusou-os de serem espiões. Ele exigiu que um dos irmãos ficasse com ele enquanto os outros voltasse para a casa de seu pai e trouxessem seu irmão mais novo, Benjamim.[11]

Judá e seus irmãos voltaram para sua casa e falaram a Jacó sobre o que aconteceu no Egito.[12] Jacó ficou consternado e, de início, recou a deixar Benjamim voltar com eles. No entanto, Judá conseguiu convencer seu pai a permitir que eles o levassem.[13] Assim os irmãos foram ao Egito, e se reuniram com Simeão. Eles foram também convidados a comer na casa do vizir[14] e entregaram a José os presentes que seu pai mandara.[15][16]

Quando eles estavam voltando para a casa de seu pai, eles foram interceptados e levados de volta ao vizir. José exigiu que Benjamim ficasse no Egito, pois sua taça de prata foi encontrada no saco dele. No entanto, Judá implorou pela vida do seu irmão e se ofereceu para ficar em seu lugar.[17] José então relevou sua identidade a seus irmãos e disse-lhes para trazer seu pai e toda a sua casa para o Egito.[18]

Bênção de Jacó[]

Judá, a ti te louvarão teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Filhote de leão, Judá, voltas trazendo a caça, filho meu; dobra, deita-se como um leão; e como um leão velho; que o despertará? Não se apartará de Judá o cetro, nem o comando dentre seus pés, até que venha aquele quem pertencer po direito, e a quem devem obediência os povos. Ele amarrará o seu jumentinho à vide, e o filho da jumenta à cepa mais excelente. Ele lavará suas vestes com vinho, e o manto em sangue de uvas. O vinho aumenta o brilho de seus olhos, seus dentes são brancos como o leite.[19]

Referências[]

  1. Gênesis 29
  2. Gênesis 29:35
  3. Gênesis 37:13,14
  4. Gênesis 37:18-22
  5. Gênesis:26-28
  6. Gênesis 37:31-35
  7. Gênesis 38:1-6
  8. Gênesis 38:6-30
  9. Gênesis 42:3-5
  10. Gênesis 42:8
  11. Gênesis 42:19,20
  12. Gênesis 42:29-34
  13. Gênesis 43:8-9
  14. Gênesis 43:16
  15. Gênesis 43:11
  16. Gênesis 43:26
  17. Gênesis 44:18-34
  18. Gênesis 45:1-13
  19. Gênesis 49:8-12
Filhos de Jacó por mulher e ordem de nascimento
Lia Rúben (1)  •  Simeão (2)  •  Levi (3)  •  Judá (4)  •  Issacar (9)  •  Zebulom (10)  •  Diná (11)
Raquel José (12)  •  Benjamin (13)
Bila (5)  •  Naftali (6)
Zilpa Gade (70  •  Aser (8)
Advertisement