Wiki Bíblia
Advertisement

Salomão (hebraico: שלמה; "Recompensa"), também chamado Jedidias (hebraico: ידידיה; "amado de Jah"), foi o terceiro rei de Israel e o filho mais famoso de Davi. Ele foi um sábio e filósofo que se acredita ter escrito o Livro de Provérbios, Eclesiastes e os Cantares de Salomão, bem como alguns Salmos. Embora não fosse o primogênito, nem o mais velho dos filhos ainda vivos, ele foi escolhido por YHWH para ser o novo rei. Ele governou Israel por quarenta anos, de 960 aC a 921 aC.

Sua realização mais importante foi a construção do Primeiro Templo de Jerusalém, realizando assim o sonho que seu pai nunca teve permissão para realizar. Além do templo, Salomão também criou extensas obras públicas, um elaborado complexo palaciano para si mesmo, grandes estruturas de defesa e muitos armazéns. A fim de realizar seus projetos de construção, Salomão contou com o trabalho conscrito generalizado de israelitas, trabalho escravo de estrangeiros e impostos substanciais.

Salomão também foi muito ativo nas relações exteriores, criando relações políticas emergentes com grandes potências como Egito , Tiro e Sidom; tendo protetorados e tributários pagando ao tesouro real. No processo de sua política, Salomão acumulou um enorme harém composto por quase 1.000 mulheres como esposas, concubinas e donzelas. Essas mulheres trouxeram seus próprios deuses estrangeiros de seus países, então levaram Salomão a oferecer sacrifícios a deuses falsos como Moloque, Astarote e Quemós.

Biografia[]

Referências[]

  1. 2 Samuel 12:25
Advertisement