Wiki Bíblia
Advertisement

Selá (hebraico: שלה; "prosperidade") foi o terceiro filho de Judá.[1] Seus irmãos mais velhos eram Er e Onã,[2] seus meios-irmãos mais novos eram Perez e Zerá.[3]

Er morreu por causa de sua maldade e não deixou filhos. Fazia parte de sua cultura que se um homem morresse sem ter filhos, seu irmão teria que casar com a viúva e ter filhos com ela que carregariam o nome do morto. Onã se recusou a fazer isso e foi punido pelo Senhor com a morte. Nessa época, Selá era muito jovem para se casar, então Judá enganou Tamar, dizendo a sua nora para viver como viúva na casa de seu pai até que Selá cresceu. No entanto, temendo que Selá morresse, Judá não o casou com Tamar. Depois de um tempo, a mãe de Selá morreu.[4]

Tamar, vendo que Judá não lhe daria Selá como marido, decidiu engana-lo para que dormisse com ela. Por meio do engano, ela engravidou e, quando sua gravidez chegou a termo, ela deu à luz a gêmeos: Perez e Zerá.[5]

Descendentes[]

Selá foi o ancestral do clã selanita.[6] Seus filhos foram Er, Lada, Joquim, Joás, Sarafe e Jasubi-Leém.[7]

Referências[]

  1. Gênesis 38:5
  2. Gênesis 38:2-4
  3. Gênesis 38:28-30
  4. Gênesis 38:7-14
  5. Gênesis 38:12:30
  6. Números 26:20
  7. 1 Crônicas 4:21,22
Advertisement