Wiki Bíblia
Advertisement

"Deus me concedeu um filho no lugar de Abel, visto que Caim o matou."
— Eva, Genesis 4:24

Sete (hebraico: שת) foi o filho de Adão e Eva e nasceu após a morte de Abel.

História[]

Sete nasceu quando seus pais tinham 130 anos (jovens de acordo com a longevidade do homem naqueles tempos). Ele cresceu ouvindo de seus pais a história da Criação e da queda e sobre a morte de Abel.

Aos 105 anos, e casado com sua sobrinha, Sete teve seu primeiro filhos, a quem chamou Enos. Ele viveu mais 807 anos e gerou a outros trinta e dois filhos e vinte e três filhas.

Nos séculos seguintes, Sete e seus pais se esforçaram para permanecer firmes no caminho do Senhor e para fazer sua descendência também permanecer firme. No entanto, "Quando os homens começaram a multiplicar-se na terra e lhes nasceram filhas, os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram bonitas e escolheram para si aquelas que lhes agradaram." [1] E assim também a descendência de Sete se corrompeu e uma forte onda de apostasia começou com toda a força. No entanto, Sete permaneceu fiel até sua morte, aos 912 anos, 14 anos antes do nascimento de Noé.

Legado[]

Sete era conhecido entre os hebreus e também entre os moabitas. Quando Deus inspirou Balaão durante uma visão, ele mencionou que uma estrela que esmagaria a face de Moabe e o "crânio de todos os descendentes de Sete"[2] Essa é uma forma de se referir a toda a humanidade, pois são todos descendentes de Sete.

Referências[]

  1. Gênesis 6:1,2
  2. Números 24:17
Advertisement